Amélia na moda · Pronto falei!

Sobre gostar mais de roupas que de moda

Esse não é um blog de moda, até poderia ser e eu cheguei a pensar que fosse mas então um belo dia fui percebendo que os ditos: Blog de moda são muito chatos e que não tenho mais a menor paciência para acompanhar as blogueiras de sempre. Aquelas que se lançaram ao estrelato nos inspirando com looks do dia a sei lá 10 anos?! e que hoje (em sua maioria) são só manequins de luxo para vender roupas. Para mim elas não vendem nada porque não tenho grana para comprar as roupas de luxo e as “acessíveis” são o resultado da equação Tule + Poliéster + Elastano + Estampa sem conceito e isso compramos na rua 44 (Goianos entenderão) por R$ 50,00.

tedio-monotonia
Quando eu vejo os blog de moda

Uma vez que a moda se tornou um eterno ciclo de idas e vindas das mesmas “tendências” porque eu preciso assinar as revista de moda? No último fim de semana fui fazer uma faxina necessária nas minhas revistas e por curiosidade abri a Revista Estilo de Maio de 2014 (nesse mês todas as revistas apresentam o  TEM QUE TER no inverno e está tudo lá. Poderia ser 2016 com veludo, militarismo e botas over the knee mas também poderia ser 2010 ano em que comprei meu blazer ( não canso de me perguntar porque fui tira-lo do armário) de veludo verde e minha parka camuflada… quem sabe fosse os anos 70 recheado de calças flare de veludo. Enfim poderia ser qualquer época por a moda anda assim: Com passos de formiga e sem vontade.

de-volta-para-o-futuro-darkside-books-bastidores-004
Lendo a matéria: ” Tendências Outono-Inverno 2016″

Se alguém me soltar com uma cartão sem limites ( que eu não tenha que pagar a fatura) é provável que eu não compre quase nada; entre uma vitrine e outra o pensamento que tenho é: Nossa lindo vestido mas eu tenho um muito parecido ( do ano retrasado) que faz o mesmo efeito no look; Uauuuu essa saia é maravilhosa mas só usaria ela uma vez na vida (porque minha realidade não é dada a tanto glamour)… isso só muda uma pouco quando entro na Zara ( que não inova mais que faz o feitiço do encantamento sobre cada peça) mas entre comprar uma blusa de R$169,90 produzida em Bangladesh a custa do trabalho escravo de algum garoto de 13 anos e usar qualquer outra blusa que já tenho em casa, fico com a segunda opção.

diabo-veste-prada-carreira1

Esse post já está enorme e acho que todo mundo entendeu que DEFINITIVAMENTE não sou uma blogueira de moda mas gosto de roupas e gosto de produções improváveis com peças antigas, comuns e baratinhas; sinto um orgulho danado quando descubro um jeito novo de usar a camisa que tenho as 5 anos ou recebo muitos elogios quando monto uma produção com o colete ( que na verdade é um vestido) que comprei o brechó por R$ 20,00.

Passe o mouse sobre as imagens

Esse não é um blog de moda mas mesmo quando falo de roupas falo de moda como comprova o texto da personagem Miranda de O Diabo Veste Prada.

Você abre o seu guarda-roupa e pega, sei lá, um suéter azul todo embolado porque você está tentando dizer ao mundo que você é séria demais para se preocupar com o que vestir. Mas o que você não sabe é  que esse suéter não é somente azul. Não é turquesa. É “sirilio”. E você também é cega para o fato de que em 2002 Oscar de la Renta fez uma coleção com vestidos somente nesse tom. E eu acho que foi Yves Saint Laurent, não foi? Que criou jaquetas militares em sirilio. Eu acho que precisamos de uma jaqueta aqui. E o sirilio começou a aparecer nas coleções de muitos estilistas. E logo chegou às lojas de departamentos. E acabou como um item de liquidação nessas lojinhas de beira de esquina. E foi assim que chegou a você. E sem dúvida esse azul representa milhões de dólares em incontáveis empregos. E é meio engraçado como você acha que fez uma escolha que te exclui da indústria da moda, quando, na verdade, você está usando um suéter que foi selecionado para você pelas pessoas nesta sala entre uma pilha de “coisas”.

Bom mesmo é saber que todas as minhas impressões e opiniões sobre a moda atualmente não estão sozinhas no mundo. Para quem quer saber mais sobre “roupas” e muito sobre criatividade não deixem de acompanhar esses blog que adoro.

http://www.oficinadeestilo.com.br/

http://hojevouassimoff.com.br/

http://uasz.com.br/

http://carolburgo.com/

Vou criar o habito de contar um pouco sobre meus look com truques no instagram (porque lá fotos de espelho são “permitidas”) sigam lá @bylidy

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s