Leia a etiqueta de composição para entender a “alma” da sua roupa

Seja sincera, você lê a etiqueta de composição das roupas no ato da compra? Se você disser que não, não me surpreenderá. Eu mesma, filha de costureira e amante de moda desde sempre, só adquiri esse hábito após passar por uma  pós graduação na área de moda. Foi uma longa e proveitosa manhã de sábado,  depois disso minha vida nunca mais foi a mesma, nem a vida das minhas roupas, principalmente as prediletas.

closet

A etiqueta de composição deve estar afixada em todas as roupas, sejam feitas por uma grande, pequena empresa ou  micro empreendedor individual, também precisa estar nos  tecidos. O Inmetro é quem padroniza e fiscaliza a aplicação da lei.

“Todas as etiquetas devem apresentar o nome ou razão social ou marca registrada do fabricante, a identificação fiscal do fabricante nacional ou do importador (CNPJ), país de origem, nome das fibras ou filamentos têxteis e seu conteúdo expresso em porcentagem, uma indicação de tamanho e, pelo menos, os cinco principais tratamentos de conservação do produto têxtil, por meio de símbolos e/ou texto”

Mas qual a importância afinal?  Alérgicos a determinadas fibras precisam saber de que sua roupa é feita, lembrando que vários tecidos são composições de fibras diferentes. Aquela camisa que a vendedora diz que é de algodão, pode na verdade ser: 60% Algodão 40% Viscose, por exemplo. Isso muda tudo,  durabilidade da peça, se o tecido amassará muito ou não, se vai desbotar, encolher e principalmente como você cuidará dele para que dure mais.

765_360_lavar-roupa-antes-de-usar_1520783087

Conhecer a etiqueta de composição evitará que você compre gato por lebre. Já vi várias lojas comercializando blusas de Seda que  são feitas de Poliéster, mas custam o preço de Seda. Enfim…

A etiqueta de composição te dirá onde suas roupas foram feitas. Isso mesmo que você pensou. Basta uma olhadinha rápida para pintar aquela pulga: Terá minha calça custado a dignidade de alguma criança indiana? Vale super a reflexão.

1780

Apesar da eficácia da aplicação da lei e da importância da etiqueta de composição, ela nos confunde um pouco. O bicho pega quando vamos descobrir os processos de lavagem. Justamente a parte que determinará a longevidade da sua peça,  consequentemente o valor do seu investimento.

Nem todo mundo sabe entender a simbologia e muitas vezes rola uma preguiçinha de consultar o Google, né?! Mas quem é leitora do Amélia não terá mais esse problema. Importei la do www.dicasdemulher.com.br  infográficos lindinhos. Dê um print e tenha sempre à mão.

Melhor que isso só mesmo dica de mãe.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s